Palmeiras tem dois gols anulados, mas derrota Fluminense por 1 a 0 e coloca as mãos na taça do Brasileiro

Seja bem vindo
Maceió,04/03/2024

  • A +
  • A -
Publicidade
Publicidade

Palmeiras tem dois gols anulados, mas derrota Fluminense por 1 a 0 e coloca as mãos na taça do Brasileiro

Fonte: jovempan.com.br
Palmeiras tem dois gols anulados, mas derrota Fluminense por 1 a 0 e coloca as mãos na taça do Brasileiro Reprodução
Publicidade

O Palmeiras derrotou o Fluminense neste domingo, 4, por 1 a 0, em jogo válido pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, e ficou mais próximo do título. Para se consagrar campeão pelo segundo ano seguido, o time de Abel Ferreira só depende dele. Se ganhar o empatar, se consagra como campeão, agora se perder na quarta-feira, 6, para o Cruzeiro, precisa torcer para que os rivais, Flamengo e Atlético-MG, que ainda brigam pelo título, não ultrapasse o seu saldo de gol. Botafogo pode se manter na disputa dó título se vencer o Cruzeiro neste domingo às 18h30. O Fluminense, por sua vez, só cumpre tabela, porque já está classificado para a Copa Libertadores e com a cabeça no Mundial.


O jogo entre as equipes foi bastante movimentado. Mesmo não disputando mais nada, o time carioca não deu moleza para os paulistas e pressionou, dando sustos pontuais nos adversários. Contudo, apesar do esforço, o Palmeiras que tinha as melhores chances, tanto que aos 16 minutos, em uma jogada de Endrick, que achou Breno Lopes dentro da área, conseguiu abriu o placar. Mas, o VAR foi acionado e o gol foi anulado, pois na jogada que deu origem ao gol, a bola bateu no braço de Endrick, o que foi o suficiente para que o jogo continuasse empatado. Após esse lance que deu uma nova cara para a partida, o Palmeiras seguiu criando e buscando, louco para abrir o placar. E foi aos 29 minutos, novamente dos pés de Breno Lopes, que o gol saiu. A partida no primeiro tempo precisou ser interrompida para hidratação devido ao calor.


Antes do jogo ir para o intervalo, o Palmeiras conseguiu marcar mais uma vez, porém, novamente o VAR entrou em ação e anulou, porque no cruzamento de Marcos Rocha para Breno Lopes, a bola saiu na linha de fundo. Na volta para o segundo tempo, o jogo seguiu o mesmo direcionamento do primeiro, porém com um ritmo menor e o Palmeiras com maior domínio. Aos 10 minutos, o Fluminense teve um jogador expulso. Lucas Justen deu uma dura entrada por trás em Piquerez e o árbitro deu amarelo, mas o VAR acionou e, com a revisão, o jogador recebeu vermelho e deixou o jogo. Com um a menos, o time de Fernando Diniz ficou mais recuado e o Palmeiras seguiu indo para cima, mas parou nas mãos de Fábio, que não deixou a equipe de Abel Ferreira ampliar o placar. Na quarta-feira, o Palmeiras via para Minas Gerais enfrentar o Cruzeiro às 21h30, já o Fluminense, recebe o Grêmio no mesmo horário.



Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha