Seja bem-vindo
Maceió,18/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade
Publicidade

Mais de 20 mil servidores da Educação recebem bonificação do Escola 10 nesta quinta-feira (29)

A remuneração corresponde à 50% do 13º do ano passado; a sanção foi publicada em folha suplementar do DOE desta terça-feira (27)

secom/AL
Mais de 20 mil servidores da Educação recebem bonificação do Escola 10 nesta quinta-feira (29) Bonificação reconhece engajamento e trabalho dos servidores da pasta. Foto: Thiago Athaíde / Ascom Seduc
Publicidade

O Governo de Alagoas paga nesta quinta-feira (29) uma bonificação extraordinária para 20.230 profissionais da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) em exercício - efetivos, comissionados e contratados temporariamente. O pagamento é referente aos resultados alcançados com a execução das ações educacionais do Programa Escola 10 no ano letivo de 2023.


A lei que sancionou a bonificação foi assinada pelo governador Paulo Dantas na última terça-feira (27) e publicada em Suplemento do Diário Oficial do Estado (DOE) desta mesma data. A remuneração corresponde a 50% do 13º salário do ano passado e possui caráter indenizatório e não incorporado à remuneração recebida pelo profissional. O valor é repassado por meio de depósito na mesma conta bancária vinculada à folha de pagamento.


Para a secretária de Estado da Educação, Roseane Vasconcelos, a bonificação é um importante reconhecimento do governador Paulo Dantas aos servidores da pasta pelo trabalho desenvolvido e conquistas alcançadas. “O Programa Escola 10 é considerado nosso principal programa, uma referência para a implantação de políticas nacionais em benefício da Educação Pública e orgulho para todos nós. E são eles, os servidores da Educação, que se dedicaram para desenvolver as ações e alcançar os êxitos nas mais diversas ações que tivemos no ano passado, tais como a participação recorde de 94% dos nossos estudantes na Prova SAEB e preparação e garantia de participação dos nossos alunos para o Enem. Estamos muito felizes com este reconhecimento”, analisou a secretária.


O Projeto de Lei, de iniciativa do Governo, foi enviado para Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas (ALE-AL) no final de dezembro do ano passado – quando o governador também sancionou o novo Plano de Cargos e Carreiras do Magistério e assinou as leis sobre a gratificação de difícil acesso, bem como o auxílio-alimentação - e foi aprovado pelos deputados na última quinta-feira (22).

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.