Seja bem-vindo
Maceió,18/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade
Publicidade

1 a 1: CRB fica no empate com Náutico e é o vice-líder do Grupo A da Copa NE

Galo abriu o placar com Gegê, no 1º tempo; enquanto Timbu empatou com Paulo Sérgio, na etapa final

diariodearapiraca.com.br
1 a 1: CRB fica no empate com Náutico e é o vice-líder do Grupo A da Copa NE Reprodução
Publicidade

O CRB entrou em campo em plena noite deste domingo (24), para enfrentar o Náutico, e não saiu do empate por 1 a 1. O duelo foi disputado no estádio dos Aflitos, em Recife, pela 7ª e penúltima rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste.

O Galo abriu o placar com Gegê, no 1º tempo; enquanto o Timbu empatou com Paulo Sérgio, na etapa final da partida. O Regatas ainda ficou com um jogador a menos, no finalzinho: Hereda, expulso de campo.

Com este resultado, o Galo é o vice-líder do Grupo A, somando 12 pontos. Enquanto o Timbu é o 4º colocado do Grupo B, com 7 pontos somados.

Agora o time regatiano vai enfrentar o Altos, pelo Nordestão, no Rei Pelé, na quarta-feira (27), às 21h30. Quanto ao Náutico visita o América-RN, no Arena das Dunas, no mesmo dia 27 e também às 21h30. Ambos são pela 8ª rodada da fase de grupos.

1º Tempo

O jogo começou com muito toque de bola e monótono, mas com o Náutico ficando mais com ela. Aos 6 minutos, na primeira chance do duelo, após a cobrança de escanteio, a bola foi na área regatiana e Souza, do Timbu, bateu, mas o goleiro Matheus Albino viu apenas ela passar à direita.

O tempo passava, chegando aos 10 minutos, e o placar não tinha saído do zero. O Galo estava todo fechado e ainda não tinha chegado ao ataque. Mas o duelo era equilibrado. Aos 13min, na primeira chance de perigo regatiana, Anselmo Ramon chutou, mas a bola bateu na trave. Por pouco o CRB não abriu o placar.

Passando dos 15min, o CRB achava mais espaços e se mostrava mais perigoso do que o Timbu, quando chegava ao ataque. Aos 19', em tentativa do time pernambucano, Arnaldo chutou da entrada da área, a bola foi rasteira, pela linha de fundo, sem perigo algum para Matheus Albino.

Um curiosidade do jogo foi que o técnico do Náutico, Allan Aal, desceu para os vestiários, por volta dos 20 minutos, com dores abdominais e diarreia, e foi atendido pelo médico do clube, Múcio Vaz. Aos 21', em boa chance do Timbu, Patrick Allan cruzou fechado para a área, mas ninguém aproveitou e a oportunidade foi desperdiçada.

O jogo passava dos 30 minutos, com o placar ainda sem ser alterado. Seguia bastante equilibrado, com Náutico tentando pressionar, mas tinha dificuldade. Em boa chegada do Náutico, aos 36', Cléo Silva cruzou, buscando Ray Vanegas na área, mas a zaga regatiana mandou para escanteio. O Galo se safou de tomar o primeiro gol na partida, aos 39min, após jogada entre Cléo Silva, Patrick Allan e Paulo Sérgio, que obrigou o goleiro a fazer uma grande defesa.

O final do 1º tempo se aproximava. Aos 43min, em cruzamento na medida de Arnaldo, que mandou na cabeça de Cléo Silva, ele meteu de cabeça, mas o goleiro regatiano fez uma grande defesa. Mas quem abriu o placar foi o Galo. Aos 46', após recuo de bola malfeito de Luiz Paulo, Gegê tocou na saída do goleiro: 1 a 0. E a 1ª etapa chegou ao fim, aos 48min.

2º Tempo

A partida em seu 2º tempo começou sem grandes emoções. Passava dos 10 minutos e o Náutico deixava a sua torcida na bronca. Mas, aos 11 minutos, veio o gol de empate do Timbu. Arnaldo cruzou na medida para Paulo Sérgio, que estava bem posicionado na entrada área, e bateu para o fundo da rede: 1 a 1.

O Náutico cresceu na partida, que já passava dos 15 minutos, e fez o gol quando o Galo era melhor, deixando tudo indefinido com o empate. Mas o duelo era equilibrado. Aos 16min, o Timbu fez boa descida pela direita de Marco Antônio, que cruzou muito mal e a bola foi pela linha de fundo.

O jogo passava dos 20 minutos e os dois treinadores já tinham iniciado mudanças em suas equipes. Aos 25 minutos, o CRB, que estava melhor em campo, quase fez o seu segundo gol. O lateral Hereda, mandou uma bomba, de canhota e da entrada da área, mas a bola explodiu na trave.

Aos 27min, Kauan Maranhão, do Náutico, se mandou em velocidade e cruzou com perigo, vendo Matheus Ribeiro desviar a bola para escanteio e quase indo morrer no fundo da rede, em gol contra. O jogo se encaminhava para os 35 minutos e o empate de 1 a 1 persistia. As duas equipes tiveram mais substituições nesse momento, as últimas, por sinal.

O Náutico quase fez o segundo aos 38 minutos, quando Wendel Lessa, que tinha acabado de entrar, arriscou o chute de muito longe e até pegou bem na bola, mas ela passou rasteira, ao lado do gol de Matheus Albino. O duelo chegava a sua reta final e o CRB ainda pediu a marcação de um pênalti em seu favor, mas o árbitro nada marcou.

Para completar, Hereda, que já tinha recebido o amarelo, recebeu o segundo, aos 47 minutos, e acabou sendo expulso. Com os 6 minutos dados pelo árbitro, a partida foi finalizada aos 51 minutos, com o empate nos Aflitos.

Ficha Técnica

Náutico - Vágner, Arnaldo, Guilherme Matos, Rafael Vaz e Diego Matos (Ray Vanegas) (Thalissinho); Marco Antônio (Wendel Lessa), Souza e Patrick Allan (Marcos Júnior); Luiz Paulo, Cléo Silva (Kauan Maranhão) e Paulo Sérgio. Técnico: Allan Aal.

CRB - Matheus Albino, Hereda, Saimon, Fábio Alemão e Formiga (Matheus Ribeiro); Falcão (João Pedro), Rômulo (Caio César), Gegê; Mike (Labandeira), Léo Pereira (Welder) e Anselmo Ramon. Técnico: Daniel Paulista.

Árbitro - Antônio Dib Moraes (PI).

Auxiliares - Alisson Lima Damasceno (PI) e André da Silva Andrade (PI).

Quarto árbitro - Nairon Pereira de Lima (PE).

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.