Seja bem-vindo
Maceió,18/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade
Publicidade

CRB vence o ASA, por 1 a 0, e joga pelo empate no jogo de volta

Anselmo Ramon fez o gol único do Galo; Alvinegro agora precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão

gazetaweb.com
CRB vence o ASA, por 1 a 0, e joga pelo empate no jogo de volta Foto: Ailton Cruz
Publicidade

Na briga pelo tão sonhado título de campeão alagoano 2024, o CRB levou a melhor sobre o ASA, em Arapiraca, e venceu por 1 a 0, com gol do artilheiro Anselmo Ramon, na partida de ida da grande final. A disputa aconteceu no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, na tarde deste sábado (30).

O gol de Anselmo Ramon foi assinalado aos 30 minutos do segundo tempo. Reveja como foi o duelo no YouTube da Gazeta

Com este resultado, o Galo vai jogar a partida de volta, pelo empate. Caso o ASA vença, em Maceió, por 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Para o Alvinegro ser campeão terá de vencer por dois gols de diferença.

Vale lembrar que o duelo de volta será no próximo sábado (6 de abril), às 17 horas, desta feita no Estádio Rei Pelé, já que o mandante será o Galo.

Momento do jogo entre ASA e CRB, na ida da grande final
Momento do jogo entre ASA e CRB, na ida da grande final | Foto: Ailton Cruz

1º Tempo

O ASA teve uma falta a seu favor, logo aos 4 minutos, quando Caio César atropelou Keliton no meio-campo. Na cobrança, Wescley arriscou de fora da área, mas viu a bola resvalar na defesa regatiana, sem perigo. O Galo respondeu com uma chance aos 8 minutos. Léo Pereira tentou o cruzamento por baixo e a bola tocou em Paulinho antes de sair pela linha de fundo, em escanteio.

Na cobrança de Gegê, a defesa alvinegra cortou para a linha de fundo, em mais um escanteio. Aos 9min, Gegê cobrou curto para Mike, recebeu de volta, mas mandou o cruzamento forte demais e a bola se perdeu apenas em tiro de meta. O jogo era movimentado, chegando aos 12 minutos, com o ASA intenso, mas o CRB também estava perigoso, sobretudo pelos lados.

Aos 15 minutos de bola rolando, mais um escanteio no jogo. E foi para o ASA. Gabriel fez a cobrança muito fechada e Matheus Albino tirou o perigo da área regatiana. Era uma partida recheada de escanteios. Aos 16min, foi em favor do Galo. Gegê cobrou, Fábio Alemão desviou de cabeça, mas mandou a pelota direto para fora.

O jogo era muito bem jogado em Arapiraca e passava dos 20 minutos, sem o placar, no entanto, ter sido mexido. Chegando aos 26', o CRB trabalhava a bola no campo de defesa, tentava pelo lado esquerdo, enquanto o ASA pressionava, mas pelo lado direito e chegava mais ao gol adversário. Assim o tempo passava, chegando aos 30 minutos.

O CRB assustou aos 34 minutos, quando Gegê cruzou, Fábio Alemão não conseguiu finalizar, a bola passou por trás de Anselmo Ramon, na frente do gol, ninguém aproveitou por ali e a chance foi perdida. Aos 38 minutos, o Galo teve uma falta cobrada por Gegê, que mandou pelo alto para Léo Pereira, que não conseguiu dominar e Colina cortou para a lateral.

O duelo chegava aos 40 minutos, as duas equipes tentavam o gol, mas sem sucesso, o que deixava as duas torcidas apreensivas no Coaracy. Aos 43', em tentativa do CRB, Anselmo Ramon aproveitou o cruzamento do lado direito, cabeceou e a bola foi à esquerda do gol de Pianissola, em tiro de meta. Com os 4 minutos de acréscimos e mais um decretados pelo árbitro, o 1º tempo acabou aos 50'.

Momento em que Anselmo Ramon testa de cabeça e faz o gol do Galo
Momento em que Anselmo Ramon testa de cabeça e faz o gol do Galo | Foto: Ailton Cruz

2º Tempo

Quem começou o segundo tempo assustando foi o ASA. Aos 2 minutos, Allef arriscou o chute da frente da área do CRB e viu a pelota passar raspando a trave direita de Matheus Albino. Por pouco não saiu o gol alvinegro. Chegando aos 10 minutos, o técnico Daniel Paulista já tinha feito duas alterações no time do CRB.

Aos 11min, em tentativa alvinegra, João Cabral mandou a bola para Wescley, mas o passe foi com muita força e a redonda saiu direto pela linha de fundo, apenas em tiro de meta para o Galo. Aos 13min, de novo o ASA: Didira disparou pelo meio, mandou para Allef, que abriu para Paulinho, mas errou, mandando com muita força.

O Alvinegro teve um ataque perigoso, aos 17 minutos. Gabriel manda a bola na área, o goleiro Matheus Albino tirou de soco. Na sobra, Keliton chutou de primeira, mas viu a redonda passar à direita do gol do CRB. O ASA era melhor em campo nesse segundo tempo. Quando o Galo ia ao ataque, ele anulava o time regatiano.

A partida passava dos 20 minutos e era muito faltosa, com muitos cartões amarelos distribuídos para os dois times. Aos 24 minutos, na primeira chegada do CRB com perigo, Anselmo Ramon perdeu o que poderia ter sido o gol regatiano, pois ele chutou no cantinho e a bola desviou, saindo para escanteio. Quando Gegê cobrou, a zaga do ASA afastou.

Chegando aos 30 minutos, o técnico alvinegro, Rodrigo Fonseca, também passou a fazer substituições em sua equipe. Mas veio o castigo: o gol do CRB e foi de Anselmo Ramon. Exatamente aos 30', Jorginho recebeu na ponta da grande área, levantou na segunda trave e o artilheiro Anselmo Ramon só fez testar para o chão, abrindo o placar: 1 a 0.

Aos 38 minutos, o ASA tentou, mas sem sucesso, quando Anderson Feijão levantou a bola na área regatiana e ela passou por todo mundo, saindo direto pela linha de fundo, apenas em tiro de meta para o time regatiano. dem busca do segundo gol, Léo Pereira se mandou pela esquerda, jogou na área do ASA, mas Bennê cortou.

O árbitro deu 6 minutos de acréscimos e o ASA ainda tentou, aos 45 minutos. Anderson Feijão aproveitou o cruzamento da direita, testou com força para o gol, mas Matheus Albino fez uma defesaça para livrar o Galo de levar o gol de empate. E, aos 51 minutos, o árbitro encerrou a partida, com a vitória do Galo, decretada: 1 a 0.

ASA e CRB fizeram o duelo equilibrado no 1º tempo
ASA e CRB fizeram o duelo equilibrado no 1º tempo | Foto: Ailton Cruz

Ficha Técnica

ASA - Bruno Pianissolla; Paulinho, Bennê, Roni Lobo e Gabriel Feliciano; Allef, Colina, Didira (Anderson Feijão) e Wescley; Keliton (Edilson) e João Cabral (Flávio Souza). Técnico: Rodrigo Fonseca.

CRB - Matheus Albino; Hereda, Fábio Alemão, Saimon (Heron) (Gustavo Henrique) e Willian Formiga; Falcão (Rômulo), Caio César (João Pedro) e Gegê; Mike (Jorginho), Léo Pereira e Anselmo Ramon. Técnico: Daniel Paulista.

Árbitro - Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ).

Assistentes - Nailton Junior de Sousa Oliveira (Fifa-CE) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (Fifa-RO).

Quarto árbitro - Sávio Pereira Sampaio (Fifa-DF).

Árbitro de vídeo (VAR) - Carlos Eduardo Nunes Braga (CBF-RJ).

Assistente do VAR - Vitor Carmona Metestaine (CBF-SP).

Observador - José Henrique de Carvalho (CBF-SP).


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.