Seja bem-vindo
Maceió,23/05/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Marta confirma aposentadoria da seleção

Alagoana tem esperança de jogar Olimpíada deste ano em Paris e afirma que não veste mais camisa canarinho em 2025

tribunahoje.com
Marta confirma aposentadoria da seleção Marta deixa a seleção com seis prêmios de melhor jogadora do mundo na bagagem e a maior artilheira - Foto: CBF
Publicidade

A alagoana Marta está se despedindo da Seleção Brasileira. Com 38 anos de idade, a jogadora de futebol seis vezes melhor do mundo revelou que este será o seu último ano jogando pelo Brasil e, depois disso, irá se aposentar. A atleta contou que está tranquila com sua decisão e confiante em passar o bastão para as meninas que ainda seguirão na Seleção quando ela já não estiver mais, em 2025.

“Se eu for para a Olimpíada, vou curtir cada momento, porque, independentemente de ir para Olimpíada ou não, este é meu último ano com a Seleção. Não tem mais Marta a partir de 2025 na Seleção como atleta, não tem”, revelou em entrevista. “Não tem mais Marta a partir de 2025 na Seleção”, disse Marta.

“Este é o meu último ano, e eu já posso confirmar aqui. Tem um momento em que a gente tem que entender que chegou a hora. Eu estou muito tranquila com relação a isso, porque eu vejo com muito otimismo esse desenvolvimento que a gente está tendo com relação às atletas jovens”, confirmou em seguida.

Ela indicou que está feliz com a formação do resto do seu time, que poderá seguir com seu legado. “A gente tem uma equipe muito qualificada, com meninas muito talentosas e que, no decorrer dos anos, vocês vão ver que realmente é o que eu estou falando, é um terreno muito fértil. Por esse motivo, eu me sinto muito confortável em dizer: ‘Olha, estou passando para vocês, vou passar o bastão, e vocês continuem a levar esse legado”.

Marta Vieira da Silva nasceu na cidade de Dois Riachos, em 19 de fevereiro de 1986. Foi criada pela mãe, Tereza da Silva, junto aos três irmãos, Ângela, José e Valdir - o pai deixou a família quando Marta ainda era um bebê. A infância humilde no interior alagoano foi marcada pelo desejo de jogar futebol.

De acordo com o jornal “Marca”, Marta recebe cerca de US$ 400 mil (R$ 1,95 milhão) por ano e tem fortuna estipulada em US$ 13 milhões (R$ 63,4 milhões), o que faria dela a jogadora mais rica entre as atletas que disputaram a Copa do Mundo Feminina ano passado. O ranking do jornal espanhol traz Marta à frente de Wendie Renard, Amandine Henry, Alex Morgan e Megan Rapinoe. As duas últimas, porém, teriam salário atual maior que o de Marta, na casa dos US$ 450 mil (R$ 2,19 milhões). O Orlando Pride renovou o contrato de Marta em 2022 por mais dois anos, até o fim da temporada 2024. Não existe ainda manifestação de outra renovação.

Marta faz campanhas publicitárias com certa regularidade no Brasil, algumas para a própria CBF e outras para marcas importantes. Já fez, por exemplo, para Brahma e Avon. Quando deixar o futebol, seu único desejo anunciado é ser mãe. Marta é a maior artilheira da história das Copas do Mundo (17 gols); é maior artilheira da história da seleção brasileira (122 gols); tem duas medalhas de prata nas Olimpíadas (2004 e 2008); tem duas medalhas de Ouro nos Jogos Pan-Americanos (2003 e 2007)
A alagoana disputou seis Copas do Mundo (2003, 2007, 2011, 2015, 2019 e 2023) e tem cinco Olimpíadas disputadas (2004, 2008, 2012, 2016 e 2021). Espera ir a Paris esse ano.


Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.