Seja bem-vindo
Maceió,13/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Rabo de Ovelha e Tinto Cão: você já tomou vinhos com essas uvas?

g1.globo.com
Rabo de Ovelha e Tinto Cão: você já tomou vinhos com essas uvas? Reprodução
Publicidade


Apesar dos nomes inusitados, cepas portuguesas elaboram deliciosos rótulos. No gigantesco mundo dos vinhos é até difícil contar as uvas que carregam nomes inusitados. Afinal, diante de um universo que conta com milhares de cepas não podia ser diferente – no monumental livro Wine Grapes, uma espécie de Bíblia vinífera, a especialista Jancis Robinson catalogou 1.368 variedades.
Portugal é um dos países com o maior número de variedades autóctones e duas delas chamam atenção pelos nomes um tanto quanto peculiares: Rabo de Ovelha e Tinto Cão. Se você está cansado de Chardonnay e Cabernet Sauvignon, vale a pena conhecer essas duas outras uvas que, boa notícia, estão disponíveis no Brasil.

Publicidade

A Rabo de Ovelha é uma uva branca que tem esse nome por causa do formato do cacho. É difundida no Alentejo, no sul de Portugal, e, em medida menor, também na região de Beiras, mais ao norte.
De acordo com Robinson, é uma uva vigorosa, muito produtiva e que amadurece tardiamente. Produz vinhos delicadamente aromáticos, prontos para beber jovens. É frequentemente usada em blends.
A Tinto Cão é uva tinta muito antiga, conhecida desde o século XVII, mas cuja origem do nome é incerta.

Amadurece muito tarde e elabora vinhos potentes, mas frescos e redondos, com capacidade de evoluir de maneira elegante. Os aromas principais são frutas vermelhas e flores selvagens.
É uma das uvas mais importantes do Douro, muito usada para produzir os vinhos do Porto por causa da capacidade de envelhecer bem. É encontrada também na região do Dão.
Ficou curioso para experimentar essas uvas diferentes? Conheça cinco rótulos trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora.
Loios Branco
Rótulo assinado pelo premiado enólogo João Portugal Ramos elaborado com as uvas brancas Rabo de Ovelha, Arinto e Roupeiro.

Apresenta aroma mineral com notas de lima. Em boca, destacam-se as frutas brancas e a elegância. Ideal como aperitivo ou com saladas.

Divulgação
Olaria Suave Natural Branco
Rótulo produzido pela famosa vinícola alentejana Carmim com as uvas Antão Vaz, Perrum, Rabo de Ovelha e Síria. No nariz, aromas de frutas brancas frescas. Em boca, é levemente doce (o açúcar é natural da fruta) e equilibrado. Ideal como aperitivo.

Divulgação
Aprendiz DOC Douro
Tinto produzido pela renomada Caves Messias com aromas de frutas vermelhas, baunilha e chocolate. Em boca, é saboroso e possui taninos finos e macios. Amadureceu em barricas de carvalho francês e americano. Harmoniza com carnes de caça, carnes vermelhas grelhadas e massas com molhos encorpados.

Divulgação
Quinta do Cachão DOC Douro
Tinto com aroma frutado e notas de chocolate e tostado. Em boca, revela taninos bem maduros e macios, com final persistente.

Amadureceu por 6 meses em barrica de carvalho francês. Acompanha carnes grelhadas e queijos de meia cura.

Divulgação
Porto Messias Tawny DOC Douro
Vinho do Porto com aromas de frutas vermelhas em compota e notas de baunilha. Em boca, é doce, com taninos redondos e boa persistência. Amadureceu em barricas de carvalho. Harmoniza com frutas secas, queijos de massa mole e sobremesas à base de chocolate. 

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.