Saúde promove campanhas sobre prevenção contra Doenças Sexualmente Transmíssveis e para doação de sangue no Carnaval

Seja bem vindo
Maceió,04/03/2024

  • A +
  • A -
Publicidade
Publicidade

Saúde promove campanhas sobre prevenção contra Doenças Sexualmente Transmíssveis e para doação de sangue no Carnaval

Ações buscam conscientizar os foliões sobre a importância de se prevenir e ajudar outras pessoas

Fonte: secom/AL
Saúde promove campanhas sobre prevenção contra Doenças Sexualmente Transmíssveis e para doação de sangue no Carnaval Prevenção em ação: distribuição de preservativos para promover saúde e proteger vidas. Foto: Ascom Sesau
Publicidade

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), em conjunto com o Mistério da Saúde (MS), promove campanhas educativas durante este período carnavalesco com o objetivo de conscientizar os foliões sobre a importância de se prevenir contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e também para a doação de sangue, muito importante nesta época do ano.

 

 

 O secretário de Estado da Saúde, Gustavo Pontes de Miranda, destacou que a pasta busca focar na prevenção para garantir a proteção de todos os alagoanos. “As campanhas de conscientização são fundamentais para que possamos levar informações seguras e verdadeiras para a população. Quando estamos bem informados, a tendência é que as decisões tomadas sejam as mais assertivas”, comentou o titular da pasta.



 

 

 ISTs 

 

 A campanha que busca conscientizar a população sobre a importância do uso da camisinha para prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis tem o slogan ‘Carnaval, respeito e proteção #TemQueTer’. 

 

A iniciativa chama a atenção para o uso indispensável do preservativo durante as relações sexuais. Além disso, a ação chama a atenção para o respeito, a diversidade e a inclusão durante a folia. A Sesau disponibilizou cerca de 2 milhões de preservativos para os municípios de Alagoas durante o período carnavalesco de 2024. O órgão recebeu os insumos do Ministério da Saúde (MS) e os disponibilizou às Secretarias Municipais de Saúde (SMSs), conforme a necessidade apresentada ao Programa Estadual de Combate às Infecções Sexualmente Transmissíveis. Além do preservativo, a campanha também destaca uma outra importante forma de se prevenir contra as ISTs, como o HIV, por exemplo.

 

 

 Trata-se do uso da PrEP, método que consiste em tomar comprimidos antes da relação sexual, que permitem ao organismo estar preparado para enfrentar um possível contato com o HIV. A pessoa em PrEP realiza acompanhamento regular de saúde, com testagem para o HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis.

 

 

 Doação de sangue 

 

A doação de sangue durante o carnaval é outra vertente abordada pela Sesau durante este período. As equipes de plantonistas do Hemocentro de Alagoas (Hemoal) estarão atuando para captar e distribuir sangue e hemocomponentes às maternidades e hospitais. Os postos de coleta e dispensação estão com uma escala especial para atender aos alagoanos que desejam doar sangue no Carnaval.



 

No período carnavalesco, as Unidades do Hemoal Maceió, localizadas no Trapiche e na Via Expressa, vão funcionar das 7h30 às 17h no sábado (10), na segunda (12), terça (13) e quarta-feira (14). Já a Unidade do Hemoal Arapiraca, situada no bairro Eldorado, estará recebendo os doadores no sábado (10), na segunda (12), terça (13) e quarta-feira (14), no horário das 7h30 às 12h e das 13h às 16h. 

 

Vale destacar que para doar sangue é necessário ter idade entre 16 e 69 anos, peso igual ou superior a 50 quilos, e portar um documento de identificação oficial e original com foto. Caso o doador tenha menos de 18 anos, um responsável legal deve fazer o acompanhamento. Também é importante citar que é obrigatório comparecer ao posto de doação de sangue usando máscara facial de proteção. O voluntário não pode ter contraído Aids, doença de Chagas, sífilis e hepatite após os 11 anos. Já as pessoas que colocaram piercing ou fizeram tatuagem, maquiagem definitiva e micropigmentação não podem fazer a doação pelo período de um ano, contado a partir da data do procedimento.

 

 Além disso, a recomendação é que o doador durma, pelo menos, 6 horas na noite anterior à doação, e o voluntário não pode ter ingerido bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas que antecedem o procedimento. Por sua vez, mulheres grávidas ou amamentando não podem doar sangue.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha